A triste história de um menino órfão de 8 anos que pediu para trabalhar num talho

Por vezes queixamo-nos das coisas más que nos acontecem, mas não percebemos que levamos uma vida confortável que cobre todas as nossas necessidades e esquecemo-nos de estar gratos. Há muitas pessoas que têm muitas dificuldades todos os dias, mesmo para conseguir comida, é por isso que muitos desde cedo fazem todos os possíveis para conseguir dinheiro e sobreviver, um exemplo claro disso é a história do pequeno Jorge.

Jorge é um menino de apenas 8 anos que, infelizmente, vive em condições tristes, especialmente porque não tem a companhia dos seus pais.

Com apenas oito anos, Jorge tem que enfrentar adversidades difíceis, algo que recentemente o levou ao talho de Felipe Garduza López, à procura de um emprego.

Infelizmente, a mãe de Jorge perdeu a vida e o seu pai deixou-o, então ele teve que ir morar com a sua avó que cuida dele e dos seus dois irmãos menores, mas embora ele viva em casa com a sua avó e os irmãozinhos, tem uma vida com condições muito precárias que o forçam a amadurecer na sua tenra idade, tanto que ele teve que procurar trabalho para melhorar a sua condição.

Conhecendo Jorge, o dono do talho, concordou em dar-lhe trabalho para que ele conhecesse o ofício e deu-lhe diferentes tarefas no negócio. Felipe decidiu pagar-lhe um salário para ajudar a sua família.

Decidiu também partilhar a história no seu perfil do Facebook com a intenção de aumentar a consciencialização sobre as dificuldades que muitas crianças sofrem diariamente.

Através da sua conta pessoal do Facebook, Felipe informou que o pequeno Jorge chegou ao talho com muito pouca esperança e perguntou se ele tinha um emprego para ele, ao que Felipe respondeu que, se estivesse mesmo à procura de emprego, podia começar nesse mesmo dia, o rosto do pequeno Jorge ficou radiante de alegria, e sem hesitar, ele aceitou.

Mas antes de mais nada, ele precisava ir até à casa da sua avó para avisar que tinha conseguido um emprego. 

Cinco minutos depois, ele voltou ao talho e, com toda a atitude e entusiasmo do mundo, pegou os utensílios e preparou-se para aprender tudo o que podia. Jorge é uma criança que vive com falta de muitas coisas e a comida é uma delas, quando ele chegou ao talho ele estava faminto.

Felipe perguntou-lhe se tinha comido, ao que Jorge respondeu que a última vez tinha sido no dia anterior e um par de tortilhas. Antes da resposta da criança, Felipe sentiu-se muito comovido com a situação e decidiu ajudá-lo.

Felipe acha que a melhor coisa que pode fazer por Jorge é ensinar-lhe um trabalho humilde para que possa cultivar o seu desejo de trabalhar e progredir na vida. Também diz que, quando ele lhe deu o seu primeiro pagamento, ele estava não conseguia conter a felicidade.

Todas as crianças merecem amor, carinho, proteção e bem-estar, elas têm sonhos e esperanças e qualquer ajuda pode mudar as suas vidas.

Via – enteratedealgo



Comentários

Talvez seja do seu interesse...