Advogada lucrou mais de um milhão em vendas de imóveis que não tinha em Braga

A advogada Anabela Santos Nogueira vendeu várias casas que não existiam, a clientes na sua maioria estrangeiros que confiavam nela.

Com 36 anos, a frequentar o curso para juízes no Centro de Estudos Judiciários, chegou a vender dezenas de imóveis das quais não era proprietária.

A Polícia Judiciárias já terá efetuado buscas no escritório de Anabela Santos Nogueira, e estima-se que a arguida terá lucrado em mais de um milhão de euros com todas as burlas.

A advogada vendia imóveis a preços muito mais baixos que o valor habitual do mercado, a emigrantes que na sua maioria nem chegavam a visitar os imóveis antes da compra.

Os clientes transferiam então o dinheiro e davam procuração para registar a propriedade dos prédios, e nalguns casos, a advogada pedia empréstimos bancários e dava as habitações como garantia.

A PJ acredita que o marido também esteve envolvido nas burla e tenha sido coautor nalgumas das vezes.

Comentários

Talvez seja do seu interesse...