Aluno de 12 anos agride professor a soco e pontapé nos testículos, no Porto

Um rapaz de 12 anos agrediu o professor Educação Visual e de Educação Cívica após ter sido repreendido pelo docente durante a aula.

O caso aconteceu na passada sexta-feira, na Escola Básica Francisco Torrinha, no Porto, após a criança partir uma lâmpada no teto com uma bola ao entrar na sala-

O professor disse ao aluno que este teria de pagar a lâmpada, hipótese recusada pela criança que, apesar de estar na sala, terá telefonado ao pai.

O aluno voltou a brincar com a bola, e o professor acabou por retirá-la, com a indicação que a entregaria no final da aula. O aluno não gostou de ser repreendido e atacou o professor com murros e um pontapé nos genitais.

Quando estava a ser levado para a diretora de turma, dirigiu-se aos funcionários e disse: “Já lhe parti o focinho”.

O diretor do agrupamento, Rui Fonseca, contou à imprensa que este tinha sido “um caso isolado num estabelecimento escola tranquilo”, e que o aluno do 6º ano já tem um “historial de mau comportamento” e “internamente, foi aberto um inquérito para se apurar as circunstâncias da agressão”.



Comentários

Talvez seja do seu interesse...