António Costa tem 11 motoristas e recebem mais de 2.000€ por mês cada um

Joana Amaral Dias divulgou nas redes sociais uma tabela com o alegado vencimento dos trabalhadores.

António Costa tem 11 motoristas e cada um recebe cerca de 2121,32 euros por mês. Quem o diz é Joana Amaral Dias no Facebook, através de uma tabela com os nomes e vencimentos de cada um dos trabalhadores.

A publicação tem recebido centenas de reações e já foi partilhada milhares de vezes na plataforma.

“António Costa dispõe de 11 motoristas com os vencimentos brutos que podem ver na imagem. Na verdade, o seu gabinete tem 62 membros. Isto é incompreensível num país progressista. Num país pobre ainda é mais inaceitável.

Claro que não foi este primeiro-ministro que inventou esta moda das mordomias, caprichos de Castafiore e borboletices. Já vem de trás. Mas também não acabou com elas, infelizmente.

Com os deputados verifica-se a mesmíssima pompa perdulária. Já para os parlamentares suecos, por exemplo, a realidade é a contenção: gabinetes de sete metros quadrados e limites muito rígidos para o uso do dinheiro dos contribuintes.

Não há cá benefícios extra. Cada deputado cuida da sua agenda de trabalho, prepara os seus discursos e marca ele próprio, nomeadamente, as suas reuniões e bilhetes de comboio ou avião. Muito bem, até porque o que um parlamentar precisa é de serviços de informação e consultoria de qualidade para apoiar as suas atividades e a sua tomada de decisões.

Na Suécia, um dos sectores do Parlamento que mais se expandiu nos últimos vinte anos foi o RUT (Serviço de Pesquisas do Parlamento), que fornece todo tipo de dados, estatísticas e consultorias especializadas a eleitos de todos os partidos.

E imunidade parlamentar é um conceito que não existe na Suécia, um dos países mais ricos do mundo que a esquerda tanto gosta de citar como modelo de social-democracia.

No início do mandato, o que os 349 deputados suecos recebem – assim como o Presidente do Parlamento – é um cartão anual para usar o transporte público. E também um robusto código de ética. O Parlamento possui apenas três veículos e a frota está à disposição somente para eventos oficiais. Na Suécia, o único político que tem direito a carro em caráter permanente é o primeiro-ministro. É um carro e não uma turma de motoristas.”



Talvez seja do seu interesse...