Ladrões que fugiram de tribunal do Porto detidos em campismo de Gondomar

Os três detidos que, na quinta-feira à tarde conseguiram fugir através de uma janela do Tribunal de Instrução Criminal do Porto, depois de o juiz de instrução lhes ter decretado prisão preventiva, foram localizados e detidos esta sexta-feira

Informações dadas por populares ajudaram as autoridades a localizar os irmãos Manuel Santos e Fernando Santos, de 34 anos, e de “Shevchenko”, de 20. Os indivíduos, suspeitos de assaltos a 30 idosos, foram localizados na zona do Parque de Campismo de Medas, em Gondomar, sabe o JN.

Os fugitivos, que minutos depois de terem ouvido o magistrado decretar-lhes prisão preventiva nesta quinta-feira, os três detidos foram conduzidos às celas do Tribunal de Instrução Criminal (TIC) onde aguardavam uma carrinha celular para serem transportados para Custóias. Sem ninguém dar conta de como, e em que momento aconteceu, eles conseguiram apoderar-se das chaves da cela e fugir do edifício do tribunal por uma janela do segundo andar.

A PSP montou de imediato uma operação de caça ao homem nas ruas do Porto, para tentar capturar os homens, considerados “perigosos e potencialmente armados”, escreveu aquela força de segurança em comunicado.

“Na sequência da fuga, para além do acionamento dos protocolos de atuação pela PSP para este tipo de incidentes, foi assegurada a difusão imediata pelas demais Forças e Serviços de Segurança (FSS), Centros de Cooperação e Policial e Aduaneira (CCPA) e Sistema de Segurança Interna (SSI)”, lê-se na nota.

Comentários

Talvez seja do seu interesse...