Atleta promissora de 18 anos perde a vida meses depois de sofrer um AVC

Uma jovem guarda redes do Charlton, de 18 anos, faleceu de cancro no fígado este sábado.

A jovem, Jordan Dawes, só foi diagnosticada com a doença após um acidente vascular cerebral em novembro do ano passado.

A família da jovem rapariga ficou de “de coração partido”, tal como a equipa de futebol de Charlton, que deixaram emocionantes homenagens à promissora jogadora de futebol.

A família de Dawes disse: “Hoje, a nossa linda filha Jordan Dawes foi dormir pela última vez. Estamos com o coração partido. Além do coração partido, não sabemos como vamos continuar sem a nossa linda menina.”

“Ela tinha tanta vida para viver. Nunca pare de amar e abraçar os seus lindos filhos, pois é um mundo cruel por aí.” disse o pai da jovem.

O Charlton Athletic Football Club deixou no twitter a seguinte mensagem: “Todo o mundo no Charlton Athletic Women está triste em saber que a ex-jogadora Jordan Dawes faleceu hoje. Os nossos pensamentos estão com a sua família neste momento difícil.”

O guarda redes do Manchester United, David De Gea, doou as luvas que usou no seu 250º jogo na Premier League em novembro, quando Dawes recuperou no hospital do AVC que tinha sofrido.

Dawes jogava pelo Kent Football United, de quinta linha, depois de passar a sua carreira juvenil em Charlton.

De Gea deixou no twitter uma mensagem à treinadora de Dawes, Ciara Watling, onde disse: ‘Olá Ciara, eu gostava de mandar as minhas luvas do jogo 250 para Jordan, espero que ela anime um pouco!’

Dawes respondeu: “Muito obrigada, és a minha inspiração, literalmente.”.

Infelizmente a jovem adolescente não conseguiu levar a melhor a luta contra a terrível doença que mata milhares de pessoas anualmente, e faleceu este sábado.



Comentários

Talvez seja do seu interesse...