Cadela perde a vida após dona lhe dar bolo de chocolate para comer

A cadela começou a sentir-se mal poucos dias depois de ter comido dois bolinhos de chocolate.

Ruby, uma cadela de raça braco húgaro de pelo curto, comeu dois bolinhos de chocolate caseiras que estavam em cima da bancada da cozinha. A dona, Kate Chacksfield, não se preocupou com o assunto no momento, pois não era a primeira vez que a cadela comia bolo. O caso aconteceu em Londres.

Três dias depois, a cadela começou a sentir-se mal e a dona teve de a levar ao veterinário. Já junto dos médicos veterinários, soube que a sua cadela estava com o fígado em falência e o animal teve que ser ligado a uma máquina de suporte de vida.

Alguns dias depois, após a mulher ter gasto cerca de 10 mil libras, a cadela acabou por falecer. Pouco tempo depois, a dona veio a saber que a sua cadela perdeu a vida devido ao xylitol – um adoçante natural que a britânica usou para confecionar os bolinhos de chocolate, para substituir o açúcar.

Com o propósito de alertar outros donos de cães, para que não deem alimentos aos seus animais com este componente tóxico, a dona fez uma publicação nas redes sociais.

“O xylitol é usado em comida de take-away e todo o tipo de produtos. Não deixem o vosso cão lamber os recipientes de comida chinesa que mandaram vir para o jantar da noite passada. Cuidado. E avisem outros donos. Por favor”, escreveu Kate Chacksfield no seu perfil do Facebook.

Saiba que este adoçante natural pode ser encontrado em pastilhas elásticas sem açúcar, bolos, pasta de dentes, suplementos vitamínicos ou manteiga de amendoim.

“Sabia dos perigos do chocolate para os cães, mas não fazia ideia dos perigos do xylitol. Agora estou a fazer o que posso para alertar outras pessoas e promover uma sensibilização. Não quero que outro dono passe por aquilo que passei”, acrescentou a mulher.



Comentários

Talvez seja do seu interesse...