Vítima vivia aterrorizada com o comportamento violento do pai.

Abusos aconteceram durante vários anos, informa a Polícia Judiciária em comunicado.

Homem de 37 anos é suspeito de ter violado a filha, na altura menor de idade, durante vários anos. O camionista de profissão já foi detido pela Polícia Judiciária.

A jovem, hoje com 18 anos de idade, foi violada pelo próprio pai durante viagens de trabalho em que esta o acompanhava. Os abusos também aconteceram dentro da habitação onde ambos residiam e ainda em casa de outros familiares, em freguesias urbanas pertencentes ao distrito de Aveiro.

De acordo com um comunicado emitido pela Polícia Judiciária, a investigação revela que os abusos terão começado quando a vítima tinha apenas 12 anos de idade, alastrando-se até aos dias de hoje. O caso deixou a jovem exausta física e psicologicamente, revela a mesma fonte.

Segundo a mesma investigação, foi devido ao facto do homem ter comportamentos violentos que os abusos se arrastaram durante tantos anos. Isto porque tanto a vítima como vários familiares que sabiam da situação viviam com medo do que poderia vir a seguir caso denunciassem o homem às autoridades.

Recentemente a vítima ganhou coragem para fugir de casa e refugiou-se junto de amigos, que souberam da situação e ajudaram com a denuncia às autoridades. O detido vai ser presente a um primeiro interrogatório judicial para aplicação das medidas de coação tidas por adequadas.