Casal que torturou os 12 filhos condenado a prisão perpétua

O tribunal condenou na sexta-feira a prisão perpétua um casal norte-americano que se declarou como culpado de anos de tortura e abusos a 12 dos seus 13 filhos.

Numa audiência emotiva que contou com a presença dos filhos que durante anos foram torturados, o casal David e Louise Turpin foram condenados na sexta-feira a prisão perpétua.

Segundo revelou a “Sky News”, um dos filhos do casal que ficou agradado com a sentença disse que “Os meus pais tiraram-me a vida e agora vou recuperá-la”.

Na sentença, o tribunal estabeleceu ainda a possibilidade de ser concedida liberdade condicional ao casal após o cumprimento de 25 anos de prisão.

Contudo a condenação acabou por ser proferida um ano depois de a filha de 17 anos do casal Turpin se ter atirado de uma janela da casa da família, na região da Califórnia, e de ter ligado para o número norte-americano de emergência, relatando que alguns dos seus irmãos estavam acorrentados às camas e que ela já não tomava banho há meses.



Comentários

Talvez seja do seu interesse...