Um casal da Florida, que alimentava os seus quatro filhos com uma dieta rigorosa de vegetais crus e frutas, foi preso por homicídio culposo e por negligência infantil, após supostamente o filho de 18 meses morrer de fome.

Sheila O’Leary, 35, e Ryan O’Leary, 30, foram presos na semana passada devido à morte do seu filho, que tinha o peso de uma criança média de sete meses.

De acordo com um comunicado de imprensa do Departamento de Polícia de Cape Coral, a 27 de setembro, os agentes da autoridade responderam a um relatório de um jovem de 18 meses que tinha parado de respirar na casa da sua família. Os paramédicos que se deslocaram ao local declararam o óbito da criança.

O peso do menino nem chegava a 8 kg quando foi realizada a autópsia, onde se descobriu também que a origem da sua morte estava relacionada com a fome, incluindo desidratação, distúrbio hepático e inchaço das mãos e pés, informou o News-Press.

Também os irmãos que foram encontrados na mesma habitação apresentavam sinais claros de malnutrição, e um tamanho reduzido para a idade que tinham.

As crianças estavam ainda pálidas, com a pele amarela, e uma dela apresentava os dentes com cáries.

Quando questionada pela polícia, a mãe dos quatro filhos disse que o seu filho mais novo não tinha comido nada além do leite materno na semana anterior à sua morte, revelando que achava que ele não tinha apetite porque estava a começar a ter dentes.