Cinco portugueses detidos em Espanha por tráfico de pessoas, incluíndo uma menor

Uma jovem de 16 anos está entre as trinta vítimas portuguesas de redes criminosas de tráfico de seres humanos, para exploração de mão de obra.

A rede foi desmantelada numa operação da Polícia Judiciária em conjunto com a Guardia Civil espanhola.

Foram detidos cinco portugueses que pertenciam a uma organização que se aplicava a uma rede de tráfico de pessoas, anunciou a Polícia Judiciária do Centro na passada sexta-feira.

Os suspeitos têm idades entre os 24 e os 58 anos e pertencem à mesma família, natural da região da Guarda. Quatro dos suspeitos foram detidos na Espanha e serão extraditados para Portugal. O outro membro estava em Portugal, e foi-lhe aplicado a medida de coação de prisão domiciliária.

As vítimas eram atraídas na região Centro do país, com contratos chamativos para trabalhos na área da agricultura em Espanha. A Polícia Judiciária descreveu as vítimas como pessoas especialmente indefesas e vulneráveis, sem trabalho e com vícios.

Após serem levadas para Espanha, eram encaminhadas para os locais de trabalho, onde viviam em instalações sem condições de higiene. As vítimas não eram remuneradas e eram mal alimentadas, trabalhando diariamente, sem direitos.

Comentários

You may also like...