Colegas da professora assassinada pela filha pagam o funeral

A professora que perdeu a vida pelas mãos da filha adotiva irá ter uma cerimónia fúnebre que será suportada pelos colegas da mesma.

Ainda não é conhecida a data do funeral, mas irá realizar-se no Montijo, segundo o que o Correio da Manhã conseguiu apurar.

Devido ao facto da vítima não ter outros familiares sem ser a filha homicida, que por lei está afastada de receber a herança, os bens podem vir ser entregues ao estado.

As posses da professora estão inacessíveis, de maneira a que os colegas de profissão da mesma chegaram-se à frente para suportar os custos da cerimónia fúnebre.

A filha matou com a ajuda do seu marido, Iuri Mata, a professora de 59 anos, com o objetivo de ficar com a herança da mãe, que são três habitações, dois carros, e ainda as contas bancárias.

O casal ainda negou o homicídio quando foram detidos, mas perante o confronto das provas que a Polícia Judiciária de Setúbal já tinha reunido, acabaram por confessar terem planeado e executado o crime que roubou a vida à professora.

Comentários

You may also like...