Conheça os 8 heróis que irão resgatar Julen do poço em Málaga

Vieram das Astúrias e irão chegar onde ninguém é capaz de chegar para finalizar o resgate do menino.

Há um grupo de oito homens bravos, pertencentes à Brigada de Salvamento Mineiro das Astúrias, que irão resgatar o pequeno Julen, de dois anos, preso num poço com cerca ade 100 metros há 11 dias.

Eles são Sergio Tuñón, Antonio Ortega, Maudilio Suárez, Lázaro Alves Gutiérrez, Antonio Huerta, Jesús Fernández Prado, Rubén García Ares e Adrián Villarel e formam o corpo de elite de resgate das minas espanholas. Serão os responsáveis pela finalização do resgate de Julen.

Todos os recursos humanos e materiais trabalharam durante os últimos 11 dias para que estes oito mineiros da brigada de resgate possam realizar o seu trabalho e tirar a criança de dois anos que está presa no poço.

Junto destes oito heróis, outras equipas, igualmente corajosas, estão a colaborar e a depositar um grande esforço nesta operação – Há dez guardas civis, oito especialistas em montanhas, dois especialistas em atividades subaquáticas e oito bombeiros do Consórcio Provincial de Málaga.

Será um trabalho extremamente difícil e arriscado, liderado pelo engenheiro-chefe e líder da brigada.

Sergio Tuñón – É o diretor técnico da Brigada de Salvamento Mineiro desde 2012 e liderou resgatadas como o da mineira que faleceu em Deganã em 2015 e a do espeleólogo de Biscaia em 2017.

Antonio Ortega – É engenheiro técnico. Foi um dos últimos homens a juntar-se à Brigada de Salvamento Mineiro. O mesmo ter-se-á juntado há um ano, depois de ter trabalhado no poço Santiago.

Maudilio Suárez – É natural de Pola de Laviana, nas Astúrias e já completou uma década na Brigada. Entre as suas operações de resgate, está a do espeleólogo basco José Gambino, que ficou preso numa caverna em junho de 2017.

Lázaro Alvez Gutiérrez – Este homem tem uma razão pessoal para se ter juntado à Brigada. O seu pai, Eduardo Augusto Alves, morador português em Gijón e natural de Bragança, perdeu a vida no acidente do poço de Nicolasa, em 1995, onde 14 mineiros faleceram.

José Antonio Huerta – Assim como Maudilio Suárez, José é natural de Pola de Laviana. É casado e tem dois filhos.

Jesús Fernández Prado – É um dos veteranos, com mais de dez anos de experiência em salvamento mineiro.

Rubén García Ares – É residente em Aller, um município espanhol vizinho ao dos seus companheiros de Pola de Laviana. É casado e tem uma filha. É um mineiro muito jovem e é o mais recente a juntar-se à Brigada de Salvamento Mineiro.

Adrián Villareal – Juntou-se à Brigada há menos de dez anos e é um dos mais jovens do grupo de salvamento. Vive na localidade de Villallana, é casado e tem uma filha.



Talvez seja do seu interesse...