Conheça os dois heróis da Cruz Vermelha que perderam a vida no despiste de ambulância em Beja

Ambulância estava a caminho de uma urgência. Ocorrência deu-se por volta das 22:10 desta terça-feira, perto de Moura, Beja.

Dois homens perderam a vida e um ficou com ferimentos ligeiros na sequência de um despiste de uma ambulância da Cruz Vermelha.

Os três operacionais da Cruz Vermelha de Safara e Sobral da Adiça foram chamados para um serviço de urgência. Na Estrada Nacional 258, que liga Moura a Barrancos a ambulância despistou-se e caiu numa ribeira com cerca de dez metros de altura.

O óbito de dois elementos, António Manuel Ribeiro Caeiro, de 49 anos, e Jorge Liberato Godinho Silva, de 50 anos, foi declarado no local. O terceiro operacional, Feliciano Ramos Rodrigues, de 42 anos, foi transportado pela ambulância de Suporte Imediato de Vida (SIV) com ferimentos ligeiros para o Hospital de Beja.

Segundo os sinais de travagem no local e fonte da GNR, o excesso de velocidade poderá estar na origem do acidente. A Estrada Nacional 258 é uma via bastante estreita e em mau estado onde acontecem este tipo de acidentes com alguma frequência.

Para o local da ocorrência foram mobilizados 19 operacionais dos Bombeiros de Moura, acompanhados por uma ambulância de Suporte Imediato de Vida, uma Viatura Médica de Emergência e Reanimação (VMER) de Beja, bem como a GNR de Safara.



Comentários

Talvez seja do seu interesse...