“Deixei de ouvi-lo chorar e comecei a gritar desesperada”, o relato emocionante da mãe de Julen

Mãe do pequeno Julen que caiu num poço com cerca de 100 metros de profundidade, em Málaga, revela o que aconteceu no dia do incidente.

De acordo com o canal espanhol, La Sexta, Victoria, a mãe de Julen contou à Guarda Civil o que terá acontecido na dramática tarde em que o seu filho de dois anos caiu para dentro do poço.

A mãe conta que, no domingo, dia 13 de janeiro, pelas 13:48, estava juntamente com a sua família enquanto faziam um piquenique ao ar livre. Nesse dia, Victoria, não se sentia bem para trabalhar e ligou ao gerente do restaurante onde trabalhava a avisar que não ia. Durante a chamada, Julen ficou ao cargo do pai, revela a mãe.

Poucos instantes depois de ter terminado a chamada, Victoria apercebeu-se que todos estavam a correr aos gritos em direção ao poço.

“Quando me aproximei da entrada do poço, ouvi o meu filho a chorar e vi o meu marido a retirar as pedras e a areia das bordas para que não caíssem para dentro”, conta a mãe. “Deixei de ouvi-lo a chorar e comecei a gritar desesperadamente”, acrescenta.

Também foi ouvida pelas autoridades a prima do pai de Julen, que se encontrava no local no momento do incidente. “Estava com a minha filha a uns dois metros e meio de Julen, quando de repente o menino desapareceu. Corri para ver e ouvi o som da queda do menino. O pai de Julen também estava próximo e viu como ele caiu no poço, revela a familiar.

O pai da criança afirma que ouviu o seu filho a chorar durante uns 30 segundos e que esteve sempre a falar com ele para o manter tranquilo.



Comentários

Talvez seja do seu interesse...