Duas pessoas perdem a vida em queda de avioneta após perder a asa, em Bragança

As duas vítimas são um conhecido empresário de Bragança e um jovem piloto da TAP. A aeronave terá perdido uma asa durante um voo, este sábado, em Varge, Bragança.

As vítimas seguiam a bordo de um monomotor que se despenhou, este sábado ao fim da tarde, nas imediações do aeródromo de Bragança. A avioneta tinha sido adquirida recentemente pelo Aeroclube de Bragança, terá perdido uma asa antes de explodir e cair sobre o solo.

As vítimas são dois pilotos: André Bessa, de 26 anos, que começara recentemente a trabalhar como piloto da TAP, e Horácio Sousa, de 60 anos, piloto experiente e um conhecido empresário de Bragança, proprietário de um hipermercado na localidade.

A aeronave, um “ULM Sport Cruiser” de dois lugares foi comprado em novo, em janeiro, e custou 55 mil euros.

De acordo com o Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Bragança, o alerta da ocorrência foi dado pelas 17:54. Para o local foram mobilizados os Bombeiros Voluntários de Bragança, bem como uma Viatura Médica de Emergência e Reanimação (VMER), num total de 15 operacionais e seis veículos.



Comentários

Talvez seja do seu interesse...