Dono da Tesla desenvolve cápsulas submarinas para ajudar no resgate das crianças

O milionário dono da Tesla, Elon Musk, revelou estar a trabalhar juntamente com uma equipa de especialistas na construção de umas cápsulas submarinas para resgatar os rapazes presos na gruta na Tailândia.

O dono já veio dizer na rede social do Twitter que já estão a ser feitos testes numa piscina em Los Angeles, nos EUA.

Estas cápsulas futuristas, têm entradas de oxigénio à frente e na retaguarda, mas o seu tamanho reduzido só daria para transportar os jovens jogadores de futebol que estão na  gruta, sendo que o treinador teria de recorrer a outra maneira.

O plano de Elon Musk envolve dois mergulhadores preparados trazerem os jovens no interior da cápsula.

No entanto o uso das cápsulas seria apenas um plano b, caso acontecesse a gruta inundar ou de algum dos menores não conseguir sair pelos proprios meios.

Os jogadores têm idades compreendidas entre os 11 e os 16 anos, estão presos juntamente com o seu treinador, de 25 anos, fazem parte da equipa Wild Boars e ficaram presos na gruta depois de a terem ido explorar após um jogo de futebol em 23 de junho.

Nas operações participam cerca de 90 mergulhadores, 40  tailandeses e 50 estrangeiros, que têm que atravessar túneis muito estreitos e cheios de água turva para chegarem até aos rapazes.

A zona onde ficaram presos fica a quatro quilómetros da entrada da gruta, num complexo de túneis com zonas muito estreitas e alagadas pelas chuvas da monção que afetam a zona, o que faz com que o percurso tenha uma parte debaixo de água e sem visibilidade.

A gruta Tham Luang situa-se na província de Chiang Rai, no Norte da Tailândia, junto à fronteira com Myanmar (antiga Birmânia) e o Laos.

Talvez seja do seu interesse...