Criadora de “Topo Gigio”, o ratinho da televisão, tinha 95 anos de idade.

A guionista e produtora protagonizou uma longa carreira na televisão italiana, que se internacionalizou a partir do ano de 1958 com a criação da mítica personagem “Topo Gigio” – o ratinho doce e alegre que mandava as crianças portuguesas para a cama ao som de José Cid.

A personagem atravessou fronteiras e contracenou com Michael Jackson, Frank Sinatra, John Wayne e Hugo Pratt.

O pequeno ratinho, de orelhas grandes e bochechas salientes, conquistou fãs por todo o Mundo. Em Portugal, o programa estreou em 1979, apresentado por Rui Guedes e com a voz de António Semedo.

Maria Perego faleceu aos 95 anos de idade, de enfarte, na sua residência em Milão, Itália.

“Era uma embaixadora excepcional da criatividade italiana”, lamenta Alessandro Rossi, administrador da empresa Topo Gigio, e amigo de Maria Perego, no comunicado que anunciou o seu falecimento. “Topo Gigio parecia retirar a sua vida das mãos dela e, com ela, viajou até países de todo o mundo”, acrescentou.