Filha de PSP perde a vida aos 17 anos em acidente na A4

Duas adolescentes seguiam numa mota quando foram abalroadas por uma carrinha. Daniela Fernandes, de 17 anos, perdeu a vida no local.

Uma colisão entre uma carrinha e uma mota foi fatal para a jovem condutora do veículo de duas rodas, esta sexta-feira à tarde, na reta de Sortes, na A4, perto da zona industrial de Mós, em Bragança.

Daniela Fernandes, de 17 anos, perdeu a vida no local. Seguia com Ana F., colega de turma da mesma idade, que ficou gravemente ferida, com um traumatismo cranioencefálico.

“Quando chegámos, uma das vítimas já não apresentava sinais vitais. A outra foi estabilizada e transportada para a unidade hospitalar [de Bragança]”, disse Carlos Martins, 2º comandante dos bombeiros da cidade.

As duas adolescentes viajavam numa mota de cilindrada 125cc quando foram abalroadas por trás por um veículo de uma empresa de climatização. Ambas as viaturas seguiam na faixa mais à direita da via.

O motociclo foi arrastado durante dezenas de metros, tendo ficado ‘encaixado’ no motor do ligeiro de mercadorias. “Pelo rasto dos pneus, é possível ver que se trata de uma derrapagem bastante grande e que foi um impacto muito violento”, relatou o capitão João Sousa, da GNR.

O condutor da carrinha, de 36 anos, também foi levado ao hospital, sobretudo devido ao estado emocional em que se encontrava. A via esteve cortada cerca de duas horas.

As duas jovens são de Bragança. Daniela Fernandes, filha de um agente da PSP que fazia o serviço da Escola Segura, estudava na escola Abade Baçal e também aprendia música.

Ana F. foi, já à noite, transportada de helicóptero para um hospital da cidade do Porto.



Comentários

Talvez seja do seu interesse...