Furacão Leslie fez pelo menos 27 feridos e 61 desalojados, com cerca de 1900 ocorrências registadas

Centenas de milhares as habitações que ficaram sem luz, pessoas desalojadas, voos cancelados, estradas cortadas, árvores e ramos caídos e danos nas estradas públicas, são alguns dos resultados da passagem da forte tempestade Leslie.

Centenas de milhares de clientes a Norte do Tejo estiveram sem energia elétrica na noite de sábado devido aos danos causados pela tempestade tropical Leslie, disse à agência Lusa a EDP Distribuição, classificando a situação de “muito grave”.

Face às previsões existentes, o INEM ativou no sábado a sua Sala de Situação Nacional para acompanhar e articular com as restantes entidades de Proteção Civil os efeitos da passagem da tempestade.

Passagem do Leslie condicionou trânsito e cancelou voos A passagem do furacão Leslie pelo distrito de Coimbra provocou alguns feridos ligeiros e dezenas de desalojados, informou à agência Lusa o comandante operacional distrital.

Segundo Carlos Luís Tavares, a passagem do furacão Leslie provocou mais estragos nos concelhos do Centro Litoral do distrito, nomeadamente na Figueira da Foz, Montemor-o-Novo, Coimbra, Soure e Condeixa-a-Nova.

Foi nesses concelhos que se registaram “dezenas de desalojados”, devido à tempestade que causou “uma destruição muito grande em telhados de habitações”, acrescentou.

Queda de poste de iluminação pública provoca apagão em rua da TrofaA queda de um poste de iluminação pública numa rua da Trofa, distrito do Porto, provocou um apagão naquela via logo após se começarem a sentir os efeitos da tempestade tropical Leslie, revelou à Lusa fonte dos bombeiros.

O primeiro de dois incidentes registados pelos Bombeiros da Trofa naquele concelho deu-se, segundo a mesma fonte, às 23:56 de sexta-feira.

Mais tarde, os bombeiros foram novamente chamados para retirar “uma árvore de pequeno porte” que caiu sobre uma viatura estacionada e sem passageiros no momento da queda.

Queda de poste de alta tensão deixa sem luz cerca de 30 casas em ValongoA queda de um poste de alta tensão em Valongo, no distrito do Porto, devido à passagem do furacão Leslie, deixou cerca de 30 casas sem eletricidade, disse à Lusa fonte dos Bombeiros de Valongo.

Segundo a mesma fonte o alerta foi dado cerca das 00:55, depois do vento forte que continua a fazer-se sentir na zona provocar a queda do poste, na freguesia de Sobrado, fazendo com que “as cerca de 30 casas daquela rua” tenham ficado “sem eletricidade”.

Fonte: CM

Comentários

Talvez seja do seu interesse...