“Guarda-me uma cerveja” – A emocionante homenagem a colega que faleceu no helicóptero do INEM

Colega de curso do co-piloto Luís Rosindo, que perdeu a vida na queda do helicóptero do INEM no passado sábado dia 15, cruzou-se com o amigo poucas horas antes deste levantar vôo.

“Guarda-me uma cerveja”. É assim que um colega de curso do co-piloto que perdeu a vida no acidente de helicóptero do INEM termina a homenagem ao amigo. No blog Merlin 37, o piloto conta que no dia da queda do helicóptero estava a trabalhar e que ia voar do Porto para Genebra quando ouviu as comunicações do helicóptero do INEM a informar a torre de Lisboa que se dirigiam para o Porto.

O piloto relata ainda que se lembrou de que quem estaria a pilotar esse aparelho poderia estar “um amigo e ex-camarada”.

Depois de regressar ao espaço aéreo português, o autor do blog Merlin 37 conta que ouviu o sistema de defesa aérea nacional, a cargo da Força Aérea, a tentar “entrar em contacto com o mesmo helicóptero do INEM”.

Numa dedicatória emotiva, o piloto e amigo de Luís Rosindo fala sobre a sua profissão. “E, como em tudo na vida, com a idade vem a perceção da realidade. A perceção de que somos falíveis e que o risco, esse, está sempre de braço dado com a nossa profissão. E ver camaradas “voarem” para o seu derradeiro voo não fica mais fácil com o tempo. Pelo contrário. Torna-se mais doloroso. Especialmente quando o fazem no desenrolar de uma missão em prol de todos nós”, escreve o piloto.

Comentários

Talvez seja do seu interesse...