Homem atira filha de 6 anos de amigos pela janela do sexto andar

Um homem de 50 anos atirou, na passada terça-feira, uma menina de seis anos de uma janela de um sexto andar, num prédio em Málaga, Espanha. De seguida, o mesmo também se atirou e pôs fim à vida.

Tanto a menina como o homem perderam a vida de imediato. Ainda não são conhecidas as causas deste ato que abalou o país.

Segundo as autoridades, o homem de 50 anos, era colega de trabalho dos pais da menina de seis anos e estava a passar uns dias em casa deles porque “passava por um momento difícil”. O casal tem outra filha, de sete anos.

Na passada terça-feira de manhã, quando o pai estava a preparar as crianças para as levar até à escola, e sem nada que o fizesse prever, o homem pegou na menina mais nova e atirou-a pela janela do apartamento, situado no sexto andar do prédio e, momentos depois, atirou-se a ele.

O pai das crianças não teve tempo de reação e ficou em estado de choque com o sucedido. Os bombeiros deslocaram-se ao local da ocorrência mas limitaram-se a confirmar a perda de vida de ambos, que aconteceu de forma imediata assim que embateram no solo.

Amigos da família contaram à imprensa espanhola que o homem “tinha a mania da perseguição”, mas desconhece-se se lhe foi diagnosticada alguma doença do foro psiquiátrico. Esta não era a primeira vez que estava a viver com os colegas, e os vizinhos viram-no várias vezes a brincar com as crianças do casal no jardim do condomínio.

A autoridades espanholas estão a investigar o caso que está a intrigar o país.

Comentários

You may also like...