Homem cospe parte do pulmão para fora durante ataque de tosse forte

Paciente tinha chegado no hospital com palpitações no coração e tosse com sangue e muco.

Um homem de 36 anos que vivia na cidade de São Francisco, no estado americano da Califórnia, foi hospitalizado com palpitações no coração e, durante um ataque de tosse muito forte, acabou por cuspir parte do pulmão para fora do corpo.

O caso foi relatado pelos cirurgiões no The New England Journal of Medicine na passada quarta-feira.

Antes de tossir parte do pulmão para fora do corpo, o homem tinha chegado no hospital com graves problemas no coração e tosse com sangue e muco. O paciente foi para os cuidados intensivos, onde ficou cerca de uma semana a receber vários tratamentos para a condição cardíaca.

“Durante um ataque de tosse extremo, o paciente pôs para fora do corpo uma parte intacta da árvore brônquica direita espontaneamente”, relatam os médicos.

O médico de cirurgia geral do Hospital de São Francisco da Universidade da Califórnia, Gavitt Woodard, explicou ao jornal Daily Mail que esta situação foi possível porque a parte do corpo que foi “cuspida” tem uma consistência parecida com esparguete, o que a faz flexível suficiente para conseguir sair do lugar e passar pela garganta durante um acesso de tosse muito extremo.

Os médicos ficaram impressionados e entubaram logo o paciente na sequência.

Dois dias depois, o homem tinha sinais de recuperação e já não tossia sequer sangue ou muco. No entanto, morreu devido à insuficiência cardíaca cerca de uma semana depois do dia que tossiu parte do pulmão.

Apesar do insólito da situação, esta não é a primeira vez que uma pessoa tosse parte do pulmão para fora do corpo. Isso já tinha acontecido com uma mulher de 40 anos, noutro caso relatado no mesmo jornal médico em 2012.

Comentários

You may also like...