Idosa de 93 anos fica a dormir na rua após ter alta hospitalar no Porto

Mulher foi encontrada por uma associação de apoio aos sem abrigo a dormir na rua e apresentava sinais vitais fracos.

Uma idosa de 93 anos, que esteve internada durante quatro meses no hospital a recuperar de um AVC, foi encontrada a dormir na rua após ter tido alta hospitalar. A Associação Anjos Amigos deparou-se com a mulher, sem família, a dormir na rua embrulhada em cobertores.

A idosa pernoitava na Rua de Fernandes Tomás há cerca de dois dias, depois de ter recebido alta do Hospital de Santo António, no Porto.

A associação Anjos e Amigos afirma, numa publicação feita na redes sociais, que fez de tudo para tentar identificar a mulher em questão, no entanto, sem sucesso.

O INEM foi imediatamente chamado ao local, depois dos voluntários da associação se terem apercebido que a idosa apresentava os sinais vitais fracos.

Acabou por ser transportada para o hospital onde foi efetuada a triagem. Segundo a mesma publicação feita pela a associação nas redes sociais, a idosa tinha possibilidades de estar a repetir o mesmo acidente vascular cerebral. A mulher continua internada.



Comentários

Talvez seja do seu interesse...