Incêndio destrói casa de Almeida Garrett e fere dois bombeiros

Dois bombeiros ficaram com ferimentos ligeiros enquanto combatiam as chamas que deflagraram num prédio devoluto na Baixa do Porto durante a madrugada deste sábado.

O alerta do incêndio chegou aos bombeiros pelas 01h56 deste sábado, num edifício devoluto situado entre a rua Barbosa de Castro e o Passeio da Virtudes, e alastrou a mais duas casas.

Saraiva Marques, comandante dos Sapadores Bombeiros do Porto, revelou à CMTV que “Não há vítimas civis a registar, apenas dois bombeiros que, por precaução, foram transportados para o hospital, mas que já tiveram alta, com lesões leves”.

“O interior do prédio onde viveu o escritor Almeida Garrett [1799-1854] ficou totalmente destruído. Ficaram as fachadas onde se pode ainda ver o brasão principal com o nome do escritor” revelou Carlos Marques, comandante dos Bombeiros Sapadores do Porto.

Para o local foram enviados 44 operacionais apoiados por 13 veículos terrestres, revelou ao Jornal de Notícias fonte do CDOS do Porto. Estiveram envolvidos elementos dos Bombeiros Sapadores, dos Bombeiros Portuenses e dos Bombeiros Voluntários do Porto, assim como o INEM e a Polícia de Segurança Pública.



Comentários

Talvez seja do seu interesse...