Investigação revela que Julen terá perdido a vida no dia da queda

Já foram revelados os primeiros resultados da autópsia de Julen, a criança de 2 anos de idade encontrada sem vida no poço ao início desta manhã em Totalán (Málaga).

De acordo com fontes de investigação consultadas pelo jornal “El Mundo“, os resultados indicam que perdeu a vida logo no mesmo dia em que caiu no poço.

A criança apresenta um “traumatismo cranioencefálico grave” e “politraumatismo devido à queda”, segundo os primeiros dados da investigação forense.

Embora o menino tivesse caído de pé no poço, as pedras caíram sobre ele, o que terá causado a pancada na cabeça, revelam fontes da investigação.

O resultado dos primeiros dados da autópsia, que deu início às 08h30 deste sábado, será agora colocado nas mãos das autoridades. 

Cabe ao Tribunal de Instrução 9 de Málaga, estabelecer as causas e possíveis responsabilidades, segundo avançou Alfonso Rodríguez Gómez de Celis, o delegado do governo na Andaluzia.



Comentários

Talvez seja do seu interesse...