Jornal espanhol avança que corpo de Julen foi encontrado a 73 metros de profundidade. Governo e pai desmentem a notícia

O Jornal El Español avançou que o corpo de Julen já foi localizado, mas a notícia é desmentida pelo governo espanhol e também pelo pai do menino, em declarações ao ABC.

O El Español adiantou que o corpo foi encontrado a 73 metros de profundidade.

O jornal La Opinión de Málaga também garante que a Guardia Civil nega ter sido descoberta a localização de Julen.

Segundo o El Español, a criança teria sido localizada a cerca de 73 metros de profundidade, debaixo da massa de terra compacta encontrada por uma sonda há três dias.

A descoberta teria sido feita através de uma empresa privada, que teria encontrado o corpo debaixo do tampão de terra com sete metros.

Ao terceiro dia da operação de buscar, chegou um reforço de uma empresa sueca que resgatou 33 mineiros no Chile em 2010.

Comentários

Talvez seja do seu interesse...