Jornalista da TVI revela tempo difícil da vida, “Eu estava grávida, não me podia permitir à dor”

Esta quarta-feira, a jornalista da TVI, Cláudia Lopes esteve no programa “Conta-me como És” apresentado por Fátima Lopes para uma conversa sobre a vida.

A jornalista desportiva falou sobre um assunto bastante delicado, a perda de um dos filhos durante uma gravidez gemelar.

Cláudia contou que soube que estava grávida de gémeos na primeira ecografia e ficou muito feliz.

No entanto, essa felicidade desapareceu quando as más notícias chegaram. Os bebés partilhavam a mesma placenta, o que fazia da gestação uma gravidez de alto risco.

Aos 41 anos ficou sem chão, perdeu um dos bebés quando já tinha tudo pronto para receber os dois filhos.

“Eu acho que chorei muito uma vez, muito. E nesse dia agarrei-me ao meu marido e disse: eu não posso chorar mais porque não quero ter um filho triste”, começou por recordar emocionada.

Ver esta publicação no Instagram

Uma publicação partilhada por Fátima Lopes (@fatimalopesoficial) a

“Tens que agarrar naquela dor, dar um nó, resolvê-la na tua cabeça, porque acho que as dores não se escondem, não podes enfiá-las para debaixo do tapete mas tens que resolvê-la. Eu estava grávida, não me podia permitir à dor”, explicou.

Apesar de ser uma mulher feliz, a mãe do pequeno Simão não esconde os medos e assume que o futuro ainda a assusta.

“Não tenho idade para ter um segundo filho já, porque acho que não tenho força para passar por algum tipo de adversidade outra vez, nem que fosse uma coisa mínima”.

A jornalista terminou, deixando Fátima Lopes de lágrimas nos olhos.



Comentários

Talvez seja do seu interesse...