Jovem de 17 anos tira a vida à avó e esconde-a no armário durante meses

Uma jovem, de 17 anos, tirou a vida à avó em Belo Horizonte, no Brasil.

Segundo o portal de notícias Brasileiro G1, uma das filhas da vítima descobriu esta terça-feira o corpo na casa onde a suspeita vivia com a avó adotiva.

Ao que as autoridades avançam, a filha da vítima teria estranhado a falta de contacto da mãe e dirigiu-se à casa onde se deparou com a cena do crime. O corpo de Elizabeth Martins Augusto de Amorim, de 57 anos, foi encontrado escondido num armário coberto por uma lona para disfarçar o cheiro do cadáver já em decomposição.

A jovem acabou por confessar o crime e revelou que tirou a vida à avó desferindo-lhe várias facadas após uma discussão.

De acordo com a Globo, a suspeita realizou uma festa há cerca de 15 dias, no local do crime. Nenhum dos convidados desconfiou que na casa tinha ocorrido um homicídio.

A jovem foi detida em casa de um tio em Belo Horizonte, Brasil e afirmou que agiu sozinha. O crime, que terá ocorrido no passado mês de janeiro, já está a ser investigado pelas autoridades locais.



Comentários

Talvez seja do seu interesse...