Jovem perde a vida esfaqueada por colega de 16 depois de uma discussão nas redes sociais

Uma jovem de 18 anos que residia no Texas, Estados Unidos, perdeu a vida após uma colega a ter esfaqueado no seguimento de várias discussões levadas a cabo nas redes sociais.

Segundo revelaram as autoridades locais, Kaitlin Leonor Castilleja, com 18 anos, de San Antonio, no Texas, foi esfaqueada na sexta-feira, pelas 01h00 da manhã, após a rapariga ter confrontado juntamente com Vivian Foster, uma amiga de 18 anos, a estudante de 16 anos fora da casa dela.

Segundo informou a polícia, enquanto as jovens discutiam, a rapariga de 16 anos terá esfaqueado Castilleja e Foster.

Kaitlin terá ficado ferida com gravidade e acabou por perder a vida, já a amiga, Foster, ficou apenas com cortes ligeiros.

“Tudo isso começou devido a um ex-namorado”, disse Marie Fernandez, tia de Castilleja, que classificou o ataque como o resultado de um triângulo amoroso que se tornou violento.

Segundo as autoridades, a jovem de 16 telefonou às autoridades para relatar que tinha sido atacada na garagem da casa quando voltava do trabalho, e que as duas vítimas a tinham enviado mensagens nas redes sociais a dizer que “queriam lutar com ela”.

Os paramédicos levaram Castilleja ao Centro Médico Militar de San Antonio, onde foi declarado o óbito pelas 2 da manhã.

A polícia foi até a casa da rapariga onde encontrou provas de um esfaqueamento na entrada da garagem. Também descobriram a arma, segundo revela o relatório.

A polícia não revelou a identidade da jovem porque é uma adolescente. O San Antonio Express-News descobriu o nome dela, mas não publicou porque é uma adolescente. Registos de propriedades e tribunais mostram que os pais da jovem entraram com pedido de falência no ano passado e perderam a sua antiga casa para execução hipotecária.



Comentários

Talvez seja do seu interesse...