Madeira: Casal relata acidente e explica o que lhes salvou a vida

Um casal de turistas que seguia no autocarro que se despistou no Caniço, Madeira, relatou os momentos vividos durante o acidente e revelaram o pormenor que lhes poderá ter salvado a vida.

“Penso que os travões não funcionaram. Não consigo imaginar outra razão. O autocarro partiu de Quinta Splendida e, após alguns segundos, começou a andar cada vez mais depressa. Bateu contra o muro, pensámos imediatamente que estava descontrolado. Ia cada vez mais rápido e depois saltou…”, revelou o homem, citado pelo Notícias ao Minuto.

A mulher, que apenas ficou com o pescoço dorido, contou que o pormenor que lhes pode ter salvado a vida: “No avião, explicaram-nos como fazer em caso de emergêmcoa… Agachámo-nos como bebés (posição fetal). E foi a nossa sorte”.

O homem ficou com uma costela partida, o que considera que “não é importante” quando comparado com a situação de muitos outros dos passageiros que seguiam no autocarro.

“Estamos vivos e estamos juntos. Muitas pessoas perderam os maridos ou as mulheres. Algumas pessoas não sabem se o cônjuge está vivo ou não”, relataram aos jornalistas.

No momento do acidente, as pessoas “voaram pela janela” e muita gente ficou deitada no exterior: “Percebemos que algumas estavam mortas”, afirmaram.

“A ambulância chegou rapidamente. Chegaram muitos carros e pessoas que começaram a ajudar quem precisava”.

Recorde-se que do acidente resultaram 29 vítimas mortais, das quais 28 tiveram morte ainda no local do acidente, e uma senhora acabou por morrer nos cuidados intensivos do Hospital do Funchal pouco tempo depois de dar entrada.



Comentários

Talvez seja do seu interesse...