Mãe desesperada atira-se de uma ponte com o filho de 10 anos após ser despejada de casa

O filho de 10 anos, segurava a lateral da ponte e implorou para a mãe não saltar, no entanto, mesmo com todos os apelos por parte do filho e das pessoas que lá estavam, acabou por se deixar cair da ponte agarrada ao filho, na Colômbia.

Investigadores dizem que Jessy Paola Moreno Cruz, de 32 anos, foi perseguida por cobradores de dívidas e despejada da sua casa recentemente, antes de tomar a decisão fatal de saltar de uma ponte de 330 metros de altura, a ponte Variant em Tolima com o seu petrificado May Ceballos nos braços.

Os primeiros socorros que chegaram ao local e alguns membros da comunidade acabaram por assistir aos segundos finais da vida desta mãe e do seu filho.

O bombeiro Rafael Rico, disse em comunicado à imprensa local: “Eles suplicaram à mãe para não saltar, tentaram convencê-la a parar… mas, infelizmente, ela acabou por tomar a decisão fatal”.

“Essa mulher, que era uma mãe solteira, infelizmente estava desesperada com a pressão de pagar as dívidas”, disse Jaramillo, Presidente da Câmara de Ibague.

A mãe solteira partilhava frequentemente selfies carinhosas e fotos de si mesma com o seu filho durante os momentos mais felizes.

Em agosto, Cruz postou uma foto de si mesma com a seguinte legenda: ‘Sinto-me fantástica’.

O caso está ainda a ser investigado pelas autoridades.

Se conhecer alguém com problemas, que poderá pôr termo à sua vida, aconselhe a pessoa a entrar em contato com o Centro SOS-Voz Amiga: ajuda na solidão, ansiedade, depressão e risco de pôr termo à vida.

Telef.: 21 354 45 45 – Diariamente das 16 às 24h
Telef.: 91 280 26 69 – Diariamente das 16 às 24h
Telef.: 96 352 46 60 – Diariamente das 16 às 24h:

Plataforma online: www.sosvozamiga.org



Comentários

Talvez seja do seu interesse...