Mãe obrigada a amamentar de pé porque ninguém lhe cedeu o lugar

Um senhora de 32 anos, viajava para casa em Wickford, no Reino Unido, em hora de ponta. Os passageiros que seguiam no mesmo comboio viram que a senhora amamentava o filho, Charlie, de apenas 6 meses, em pé, sem que ninguém tivesse tomado iniciativa de lhe ceder o lugar, durante todo o percurso de 35 minutos.

A mãe, Kate Hitchens, que também é blogger, utilizou as redes sociais para demonstrar a sua revolta com a falta de gentileza das pessoas.

Ainda que tinha o direito de pedir um lugar às pessoas, não achou que fosse o mais correto, uma vez que deveria partir da vontade dos passageiros que ela seguisse viagem sentade.

“Qual o problema em ver uma mãe ficar em pé, num comboio em movimento, a amamentar um bebé de seis meses, contorcendo-se com os seus nove quilos?” escreveu com ironia a mãe do bebé no seu blogue “Hitchens’ Kitchen” onde normalmente aborda temas  relacionados com comida.

A experiência vivida no comboio deixou-a envergonhada e confusa. “Tinha planeado estar em casa à hora de alimentar o meu filho, mas o comboio em que iria foi cancelado. Apesar de não amamentar com muita frequência, quando o faço, tento ser discreta. Mas todos podiam ver o que estava a fazer. Senti-me desconfortável, visto que o Charlie também estava irrequieto”, relata a mãe do bebé. “Quando uma adorável senhora se levantou para me oferecer o seu assento, outro passageiro sentou-se nele, colocou os fones nos ouvidos e fechou os olhos” revelou a mãe triste, no seu blogue.

“Isto nem é sobre amamentação apenas, mas sobre ser gentil e mostrar alguma cortesia. Se eu visse alguém, fosse com um bebé, com mochilas pesadas ou uma pilha de livros, eu daria o meu lugar” rematou a mãe da criança.

 

Comentários

Talvez seja do seu interesse...