Menina de 13 anos tira a sua própria vida após a mãe se rir dela

A mãe de Amber Peat riu-se da sua filha quando esta, com 13 anos, escreveu uma carta onde dizia que queria voltar a ser uma criança pequena.

A menina tinha discutido com os pais sobre as tarefas domésticas antes de fugir de casa em Mansfield, em Nottinghamshire, e foi encontrada enforcada três dias mais tarde.

Na carta, a adolescente escreveu: “Querida mãe, eu só quero ser a tua pequena menina novamente”, ao que a mãe terá reagido com uma risada, que “desapontou” a menina.

Uma professora da rapariga revela que ela tinha medo de regressar para casa, após perder um cinto na escola. “Eu tive que telefonar para casa e dizer à mãe: ‘Está tudo bem, vamos encontrá-lo'”, revelou a educadora em tribunal.

Amber já tinha um histórico de fugir de casa, e no dia em que desapareceu, a mãe alertou as autoridades. Cerca de 400 agentes estiveram envolvidos nas buscas pela menina, no entanto o corpo só foi encontrado dois dias mais tarde.

A professora Emma Dunn caracterizou a menina como sendo normalmente alegre e agradável, mas que com a presença dos pais na reunião verificou que ela ficou muito quieta e retraída, muito provavelmente devido à presença deles.

A professora admite que essa situação a deixou pensativa, e “com uma sensação desconfortável”.

As autoridades estão agora a investigar o caso para apurar responsabilidades.



Comentários

Talvez seja do seu interesse...