Fotografia: Reprodução/TV Anhanguera

Gesto de solidariedade surpreendeu a mãe e os restantes familiares.

João Victor Ferreira, um menino com apenas 9 anos de idade, lutou contra um cancro nos intestino há cerca de três anos atrás que, felizmente, acabou por vencer. Desde então, o menino deixou crescer o cabelo com o objetivo de o doar a outras crianças que estejam a passar pelo processo desgastante que é a quimioterapia, em Goiânia, no Brasil.

Na passada sexta-feira, dia 22 de Novembro, João teve o privilégio de concretizar o seu desenho durante um evento organizado pela Polícia Rodoviária Federal, no Hospital Araújo Jorge, que trata de pacientes que lutam contra essa terrível doença que é o cancro.

O menino de 9 anos não teve quaisquer dúvidas em doar o seu cabelo às outras crianças que hoje passam pelos tratamentos de quimioterapia. A atitude de João Victor Ferreira surpreender a mãe e todos os conhecidos próximos.

“Deixei crescer para doar, porque já tive cancro. Resolvi doar porque eu já fiquei careca. Senti o que eles sentem e por isso quis fazer isto”, explicou o menino ao portal de notícias G1.

Já a mãe do menino revelou, ao mesmo portal de notícias brasileiro, que o João Victor estava sempre a medir o cabelo para ver se já tinha pelo menos 15 centímetros, o tamanho mínimo necessário para doar fios para a criação de uma peruca.