O acidente que aconteceu no domingo, na A42 em Paços de Ferreira, tirou a vida a três pessoas.

Entre as vítimas encontrava-se o militar da GNR Jorge Gomes, de 29 anos, que tinha o sonho de casar na capela da família com a namorada que também é militar. A capela da família foi construída na casa onde residia juntamente com a namorada há dois anos, em Duas Igrejas.

A família já tinha planeado a reconstrução do espaço para que se pudesse realizar o casamento nesse local.

O militar prestava serviço após um acidente que aconteceu pelas 16h10. Encontrava-se a preencher os papeis quando um carro desgovernado o abalroou.

O condutor de um reboque também foi atingido mortalmente. Miguel Sousa tinha 63 anos.

Na viatura que se despistou, seguia Vânia Ribeiro que morreu no local, enquanto que três outros ficaram feridos.