Mulher atacada e abusada por dois homens à saída do metro de Maia

A mulher estava a caminho de casa quando foi intercetada por dois homens junto à estação do metro de Maia.

Aconteceu durante a madrugada desta quarta-feira, a vítima, de 49 anos, tinha acabado de sair do metro na estação do Parque da Maia. Estava a fazer o seu percurso normal para casa quando os dois homens a atacaram e, sem conseguir reagir, foi arrastada para um sitio isolado e abusada.

Depois de terem abusado a vítima, os dois homens fugiram do local e abandonaram-na no local. Foi apresentada queixa à PSP, mas será a Polícia Judiciária a responsável pela investigação do caso.

A vítima, após ter sido atacada e abusada, voltou novamente até às imediações da estação do metro, onde pediu ajuda a um homem que passava no local. O alerta foi dado ao 112 por volta da 01:30 de quarta-feira.


Os abusos aconteceram no Parque Urbano Rumo Novo.

O INEM socorreu a vítima no local e a mesma não apresentava lesões graves visíveis. Foi transportada para o Hospital de São João, no Porto, e submetida a exames médicos para a confirmação dos abusos.

Em declarações às autoridades, a vítima, garante que foi agarrada pelos braços, de forma a não conseguir escapar, e que um dos homens lhe tapou a boca para que não pudesse gritar. A mesma acrescentou que pensava que se tratava de um assalto, mas acabou por ser levada para um sítio isolado e abusada.

A mulher, de 49 anos, diz que nada lhe foi roubado.

Fonte: CM

Comentários

You may also like...