Mulher de 31 anos vende bebé para não contar ao marido que o filho não é dele

Mulher chegou a dizer que o bebé tinha falecido durante o parto.

Marina Garcia, de 31 anos, deu à luz um menino nos Estados Unidos, e vendeu-o a Leslie e Alex Hernandez, um casal conhecido. Mulher vendeu a criança porque não queria contar ao marido, o sargento Steven Garcia, que o filho não era dele, chegando a dizer que a criança tinha perdido a vida à nascença.

De acordo com a imprensa internacional, a verdade foi descoberta por um polícia que mandou parar o casal a quem Marina vendeu a criança por excesso de velocidade e reparou no nervosismo dos dois.

Quando começou a questionar o casal, descobriu que não eram os pais biológicos do menino e Alex Hernandez chegou mesmo a admitir que tinha falsificado a certidão de nascimento do bebé para que eles pudessem viajar com a criança.

Apesar de ainda não terem sido encontradas provas da transação monetária realizada entre a mulher o casal, os parentes de Marina garantem que a mulher vendeu mesmo a criança.

“Eu acreditava mesmo que era o pai da criança, ela sabia disso”, disse o sargento Garcia aos detetives.

Mesmo sabendo que não é o pai, o homem pretende avançar com o divórcio e adotar o menino, pois também Garcia foi adotado e garante que se não o tivesse sido, não teria tido todas as oportunidades que teve até agora.

A companheira de Steven declarou-se culpada, chegando mesmo a dizer que não sabe quem é o pai da criança e aguarda julgamento. O bebé foi entregue ao Departamento de Segurança Infantil e atualmente está num orfanato.



Comentários

Talvez seja do seu interesse...