Mulher de Zé do Pipo revela ter formatado o computador e apagado as pistas sobre o marido desaparecido

Nuno Batista, de 40 anos, também conhecido por Zé do Pipo, está desaparecido desde 5 de Novembro. A viatura do cantor foi encontrada perto de uma ravina em Peniche, que fica a cerca de 30 quilómetros da habitação do mesmo, em Óbidos.

As autoridades fizeram buscas pelo mar e por terra, mas nada foi encontrado tirando a sua viatura, dois dias depois.

A sua companheira, Celeste Baptista, que esteve com ele nos últimos 22 anos, revelou à TV Guia que apagou tudo o que estava no computador do marido.

Revelou que ninguém lhe pediu para fazer tal, “Já formatei o computador e apaguei tudo o que o Nuno tinha lá dentro”.

“Ninguém me pediu para ver nada, mas se quiserem confirmar o que ele andou a ver as marés chegam lá pelo Google”.

Celeste garante que a Polícia Judiciária ficou com o telemóvel e que apenas foi feito um telefonema das autoridades no início das buscas, a 5 de novembro.

“É uma vida em suspenso. Tenho de aguardar dez anos até ser declarada morte presumida”, lamenta Celeste Baptista, que tem dois filhos com Zé do Pipo.



Comentários

Talvez seja do seu interesse...