Mulher do cantor Zé do Pipo fala pela primeira vez e explica pormenores do desaparecimento

A esposa de Nuno Batista, cantor conhecido como Zé do Pipo, deu esta quinta-feira uma entrevista exclusiva no programa “Linha Aberta” da SIC, apresentado por Hernâni Carvalho. Foi a primeira vez que a esposa do cantor se pronunciou sobre o assunto.

Celeste, a esposa do cantor, revelou, em sofrimento, que as esperanças em encontrar com vida Nuno Batista são praticamente inexistentes. O casal estava junto há 18 anos e a mulher afirma que esta não terá sido a primeira vez que Nuno tinha uma depressão e que não é um caso raro na família.

Nuno já tinha tido uma depressão em 2016 mas acabou por recuperar. Entretanto, em agosto de 2018, o cantor teve várias viagens e foi um mês muito complicado para a saúde mental do mesmo, explicou a mulher de Nuno Batista.

No mesmo mês de agosto, o cantor decidiu ir ao psiquiatra mas a medicação que lhe fora receitada não estava a fazer efeito. Nessa altura, Nuno dizia que não tinha sentimentos e que a sua cabeça estava completamente vazia de emoções. Os pais e a tia do cantor já tinham sofrido com a doença psicológica e o médico afirmava que era hereditário.

De acordo com a sua esposa, Nuno, no meses anteriores, era uma pessoa feliz mas de um momento para o outro tudo mudou, o mesmo deixou de ser a pessoa alegre e divertida que era, e só interpretava a personagem “Zé do Pipo” – uma personagem alegre – quando pisava os palcos. Em casa ele praticamente não falava.

A mulher recordou que no dia em que Nuno desapareceu, ele continuava o mesmo, não se sentia bem e não apresentava qualquer tipo de emoções ou sentimentos.

Nuno terá dito à sua esposa, por volta das 2 da tarde do dia do seu desaparecimento, que ia ao banco e à farmácia mas não voltou a ser mais visto. Já por volta das 16:30 do mesmo dia, Celeste, que estranhou a sua demora, tentou ligar para o telemóvel de Nuno mas estava desligado. Foi aí que ligou para a GNR de Óbitos e expôs a situação.

O carro pessoal do cantor foi encontrado perto do mar no dia 7 de novembro. Ainda não existe a confirmação de que Nuno tenha desaparecido no mar, no entanto a sua esposa acredita que esse tenha sido o desfecho.

Celeste afirma que o cenário mais provável é que o seu marido tenha posto fim à sua vida e que a depressão acabou por ser mais forte do que o amor que o cantor tinha à personagem Zé do Pipo quando pisava os palcos.

As buscas de Nuno Batista terminaram no dia 4 de dezembro e não existem quaisquer pistas acerca do seu paradeiro.

Comentários

Talvez seja do seu interesse...