Mulher que perdeu a vida em casa no Seixal pediu ajuda à vizinha

Vitima ainda pediu ajuda à vizinha mas acabou por falecer antes da chegada dos meios de socorro.

A mulher, de 47 anos, perdeu a vida ao início da noite desta quarta-feira, nas escadas de um prédio da Rua António Sérgio, Alto do Moinho, em Corroios, no Seixal. Paula, a vítima, arrastou-se desde a sua residência e pediu ajuda a uma vizinha do prédio, mas acabou por falecer no local antes da chegada dos meios de socorro.

A Polícia Judiciária de Setúbal está a investigar o caso, sendo que o cenário de homicídio está quase completamente descartado. Só a autópsia, que será realizada esta quinta-feira, irá revelar as causas do falecimento da mulher.

O alerta inicial dado às autoridades dava conta que Paula tinha sido golpeada no pescoço. Os operacionais dos Bombeiros e a PSP encontraram o corpo da vítima de barriga para baixo com sangue na cara e no pescoço, o que fez com que os operacionais achassem que tinha sido golpeada. As autoridades mandaram evacuar o apartamento e não foram encontrados suspeitos.

Após isso, os elementos da área criminal da Polícia Judiciária de Setúbal apuraram que o corpo da vítima não tinha lesões externas. Um episódio agudo de doença poderá justificar o facto da mulher ter sangrado abundantemente pela boca – o que terá induzido a erro os primeiros operacionais a chegarem ao local.

Paula vivia sozinha em casa mas era vista frequentemente com um neto de três anos de idade. Sabe-se que a família e vizinhos não sabiam da existência de um namorado há vários meses. Foram vários os membros da família que se deslocaram ontem ao local do incidente. A mulher de 47 anos deixa quatro filhos.



Comentários

Talvez seja do seu interesse...