Noiva cancela casamento após convidados lhe negarem o seu “momento Kardashian”

Uma noiva escreveu um mensagem, nas suas redes sociais, onde pediu a contribuição dos amigos e familiares que foram convidados com o valor de 1500 euros para ter o casamento que sempre sonhou. Como nem todos os convidados atenderam às suas preces, Susan acabou por cancelar o matrimónio.

Susan e o companheiro conheceram-se aos 14 anos. Aos 18 surgiu o pedido de casamento, com direito a um anel no valor de cerca de 5 mil euros. O primeiro filho chegou pouco tempo depois, aos 20 anos, só faltava mesmo o último passo – o casamento.

Para o dia tão esperado, o casal trabalhou e conseguiu juntar 15 mil euros, que rapidamente perceberam que não chegava para realizar o casamento que tinham idealizado.

“Como o nosso amor era um conto de fadas, queríamos um casamento extravagante”, pode ler-se na publicação que enviou aos convidados através da rede social Facebook.

Para tal, precisavam da ajuda dos amigos, a quem pediram 1500 euros, por convidado.

“Eu pedi especificamente prendas em dinheiro. Como é que poderíamos ter o nosso casamento de sonho sem a ajuda financeira dos nossos amigos?
Eu queria somente ter o meu momento Kim Kardashian e depois continuar a viver a minha vida normalmente”, sublinha a mulher.

De todos os convidados, apenas oito aceitaram o pedido, assim como a família do noivo, que deu cerca de 3000 mil euros. “Fomos claros. Se não podiam contribuir, não estavam convidados para o casamento”, continua.

Com o sonho a ir por água abaixo, Susan, desesperada, implora a ajuda dos amigos, afirmando que: “1000 euros não é assim tanto dinheiro”.

Após o momento insólito, que já se tornou viral nas redes sociais, a prima decidiu tornar publicas as exigências de Susan aos convidados.

A noiva começa por dizer que o casamento foi cancelado e que ela e o noivo decidiram terminar a relação deles, e culpou todos aqueles a quem a carta foi dirigida. Afirmou também que as redes sociais a tornaram “paranóica”.

Diz ainda que decidiu ir viajar durante dois meses para a América do Sul, a fim de “explorar a sua alma e acabar com a energia tóxica dos seus amigos e familiares”. Sente-se “vazia” e farta da “sociedade horrível”.

Termina pedindo para que ninguém a contacte porque será ela a fazê-lo quando se sentir preparada. Quanto ao dinheiro, Susan diz que lho pediram de volta, mas que recusou em dar.



Comentários

Talvez seja do seu interesse...