“O Luís espancou-me enquanto dormia, com murros” Rosa Grilo escreve carta e faz novas confissões

Foram revelados cartas escritas pela Rosa Grilo, principal suspeita de assassinar o marido triatleta Luís Grilo, dirigidas à jornalista Ana Paula Felix, da SIC.

Os documentos foram revelados ontem no programa Linha Aberta, conduzido por Hernâni Carvalho.

Rosa Grilo nega ter tirado a vida a Luís Grilo e diz que não lhe trazia vantagem nenhuma, uma vez que não dependia dele financeiramente, mas sim da empresa que geriam.


“O único seguro que seria útil era o da casa, de 50 mil euros e era para os dois”. “Não vejo qualquer vantagem na morte do Luís por causa dos seguros”.

Rosa descreve o marido como sendo uma pessoa violenta na carta que escreveu:

“Ao contrário do que pensam, o Luís estava longe de ser um santo. Em casa tinha um comportamento diferente. Além dos problemas com droga era violento. Quando se exaltava era muito violento. Era muito possessivo comigo e com o Renato”.

A viúva revela que foi vítima de agressões: “O Luís agrediu-me várias vezes, a primeira vez à frente de um amigo e uma prima. Uma vez espancou-me enquanto dormia, com murros. Voltei porque me prometeu que nunca mais ia acontecer, já que supostamente nos amávamos”.

Sobre o inicio da relação com Luís, Rosa Grilo conta que Luís Grilo teve um passado ligado às drogas e que foi ele que a levou a consumir também.
“O Luís teve problemas com a droga, a irmã ajudou-a. Começou a consumir heroína e eu juntei-me a ele”.

“Ajudei-o a recuperar e ele decidiu mudar o modo de vida. Começou a treinar e entrou no triatlo”.

“Quando eu consumia, os meus pais deram-me muito dinheiro, mas também retirei algum. Olhando para trás, não sei como deixei acontecer determinadas situações”.

Rosa justificou ainda a sua relação com o amante:

“Existiram várias mulheres com quem Luís teve relações amorosas. Os amigos sabiam e também eles têm relações fora do casamento”.

“Nunca pensei em separar-me do Luís. Tenho pena que a minha condenação em praça pública tenha a ver com adultério e não se investigue o que realmente aconteceu ao Luís”.



Comentários

Talvez seja do seu interesse...