O menino que comoveu Cristiano Ronaldo quis morrer, para não ver a mãe sofrer por causa dele

O menino que comoveu Cristiano Ronaldo quis morrer, para não ver a mãe mais a sofrer por ele.

Cristiano Ronaldo teve mais uma atitude que comoveu o mundo. O craque português mandou parar o autocarro da seleção nacional para concretizar o sonho de Eduardo, e abraçar o menino de 11 anos, que tem uma historia de vida dramática.

Tudo começou quando Eduardo Moreira com pouco mais de um ano foi diagnosticado com leucemia. Com dois anos recebeu o primeiro transplante de medula óssea, mas o sofrimento do menino ainda estava longe de terminar. Eduardo acabou por contrair a chamada Doença do Enxerto do Hospedeiro, uma bactéria no sangue que afeta a imunidade dos órgãos e para a qual ainda não existe cura.

Mais tarde foi diagnosticado com uma outra patologia, que faz com que tenha os pulmões semelhantes aos de um idoso de 80 anos. O menino não pode viver sem a máquina de oxigénio.

Esta mesma criança, estava à porta do estádio do Bessa com um cartaz que dizia: “Cristiano, dá-me um abraço”. O avançado da Seleção Nacional mandou parar o autocarro onde seguia a equipa das quinas e cumpriu-lhe o desejo.

A história deste menino acabou por comover o mundo, hoje tem 11 anos e a mãe confessa que «Ele não sabe o que é brincar com crianças. Quando, às vezes, vai à escola, acha aquilo uma coisa fora do normal. Os miúdos falam todos muito alto e ele nunca foi habituado a viver como criança», revelou a mãe.

Apesar das doenças e do sofrimento, o menino já está habituado aos tratamentos e ás várias injeções que o ajudam a lidar com as doenças de que padece. «Pareço um queijo suíço, todo furado», conta a mãe.

Nem quando Vera ouviu uma médica vaticinar que seria impossível Eduardo sobreviver, este se deixou levar pela tristeza. «Mãe, é mais uma doença. Se tiver que ir, eu vou. Vamos viver, vamos brincar, vamos fazer tudo o que nós queremos, porque eu hoje estou aqui e amanhã posso não estar», lembrou. «Isto deu-me força», admitiu ainda Vera.



Talvez seja do seu interesse...