O teu filho escolheu-te para que fosses a mãe dele

Há uma coisa importante sobre ser uma mãe que provavelmente não sabia, são as crianças que escolhem os seus pais, sim, é verdade, o seu filho escolheu-a para estar no seu ventre, ligando a alma dele à sua.

Durante esta jornada, as almas viajam através de experiências que não nos podemos lembrar, gerando uma conexão antes mesmo do nascimento. Almas unidas para sempre.

Convidamos-lhe a ler esta linda reflexão sobre a maternidade:

“Um dia como hoje tu vieste a este plano através de mim, eu não tenho palavras suficientes para dizer-te tudo o que esta experiência tem sido, todas as emoções e sensações que habitam em mim desde que eu soube que tu estavas na minha barriguinha.

Tu estás a crescer tão rápido, mantendo intacto aquele olhar inocente, desejo de descobrir o mundo e acima de tudo muito amor. Mas eu digo-te que não estás a crescer sozinho, eu estou a fazer o mesmo, porque o teu tempo de vida representa o período em que, por tentativa e erro, eu me desenvolvi como mãe.

Eu quero que tu sempre te lembres, mais do que qualquer outra coisa, que o propósito da vida não é outro do que ser feliz. No teu caminho haverá tudo; rostos tristes, rostos felizes, mas só tu decides como viver, o que levar para ti e o que deixar passar. Faz com que o teu equilíbrio seja sempre positivo, vive a cada momento, sem anseio por um amanhã.

Não percas tempo com qualquer coisa que te roube a paz. Faz o que faz a tua alma vibrar e o resto virá por consequência. Não dependas de nada, nem de ninguém, a energia criativa reside dentre de ti, se tiveres consciência disso, tu tens tudo.

Pensa bonito e a tua vida será assim, o que tu tens na tua mente vai acabar por se tornar parte de ti, não apenas em pensamentos, mas em experiências. Silencia a tua mente de vez em quando e ouve a sua essência, a partir daí esclarecerás qualquer dúvida que possas ter.

Sê grato, eles são os melhores cristais com os quais podemos ver a vida, quanto mais agradeceres por suas bênçãos, mais viram até você. Agradecer, é a melhor maneira de pedir.

O amor transcende o meu pequeno e une aqueles que se amam por toda a eternidade. Eu amo-te acima de todas as coisas, sem condições, não importa o que faças ou deixas de fazer. Sou infinitamente grato à vida por me dar a oportunidade de ser mãe e especialmente de ser a tua mãe. Eu aprecio e honro os nossos acordos … aqueles que estão gravados nos nossos corações.

Eu não nego que não é tentador entrar numa bolha e proteger-te de todo o mal, o que pode fazer-te sofrer, mas isso é limitar-te, é roubar-te experiências e se me escolheste para ser tua mãe o melhor que posso fazer é apoiar-te e respeitar-te. Eu não vou traçar o teu caminho, embora eu gostaria de acompanhá-lo em todos os teus passos.

Obrigado por fazeres parte de mim, querido filho. A minha vida é muito mais bonita desde que entraste nela. Perdoa-me os meus erros, aqui estou a aprender ao teu lado, mas dando o melhor de mim para fazer o meu melhor. Eu adoraria poder compartilhar contigo muito mais aniversários e continuar a conhecer-te e a apaixonar-me cada vez mais por ti todos os dias.”

O que acha desta linda reflexão sobre a maternidade?

Comentários

You may also like...