Onda de calor intenso vai atingir Portugal este fim de semana, com temperaturas perto dos 40 graus

Grande Parte da Europa tem estado sob a influência de uma massa de ar frio do norte e as temperaturas não têm sido particularmente quentes. No entanto, uma onda de calor intenso é esperada este fim de semana, com temperaturas altas que se prolongarão até à próxima semana.

Durante o fim de semana teremos uma mudança muito significativa das condições do tempo, com um anticiclone a cimentar a sua influencia sobre a Europa Ocidental, a norte da Península.

Isto vai forçar uma massa de ar africano a migrar para norte, em direcção a Portugal continental.

Com o fluxo a predominar dos quadrantes leste e sul, esperamos um aporte rápido da massa de ar, que vai aquecer ao transitar sobre as áreas continentais, nesta altura do ano em que a radiação solar está a aproximar-se dos máximos anuais.

As temperaturas vão subir de forma drástica, com valores acima dos 35ºC e até 40ºC a serem facilmente atingíveis em áreas do interior, nomeadamente nas planícies e vales do Alentejo, bacia do Douro e do Tejo. Estes valores irão superar os máximo históricos para Maio em muitas localidades.

Esperamos um aumento da concentração de poeira atmosféricas e de polens, que irão deteriorar a qualidade do ar.

Teremos também um aumento extremo do risco de Incêndio. Não descartamos que o calor intenso possa originar algumas trovoadas.

A onda de calor, com temperaturas significativamente altas, chega este fim de semana e durará entre 3 e 5 dias.



Comentários

Talvez seja do seu interesse...