Pai perde a vida três horas depois de conhecer a filha recém-nascida

Brett Kinloch, de 31 anos, perdeu a vida a 11 de fevereiro devido a um tumor no cérebro, numa altura em que estava rodeado por familiares no Hospital Milton Keynes.

O homem, recebeu em dezembro a notícia de que o tumor se tinha tornado mais agressivo, mesmo com os medicamentos para atenuar a progressão da doença. Já tinha sido diagnosticado com o tumor em 2015, mas nunca perdeu esperanças, e continuou a trabalhar até três semanas antes de perder a vida.

A esposa, Nicola, recebeu alta de outro hospital a quase 20 milhas de distância (32 quilómetros), apenas 50 minutos após o parto, para que ela pudesse colocar o seu bebé, Ariya, nos braços do pai.

“Não havia dúvida sobre isso, ele esperou por ela”, disse a esposa. “Eu só queria chegar lá – não havia dúvidas de que conseguiríamos”, acrescentou a sra. Kinloch.

“Eu coloquei-a perto do rosto dele e deitei-a sobre o seu braço, segurei na mão dele e acariciei o cabelo dela. Tenho algumas fotos dela com o pai.” revelou a mãe.



Comentários

Talvez seja do seu interesse...