Pai tira a vida ao filho de um ano para se vingar da esposa que saiu à noite sem ele

Pai tirou a vida ao próprio filho porque estava irritado pela sua esposa ter saído à noite a uma festa sem ele.

Um pai de 52 anos tirou afogou o filho de um ano, amarrando os pés do menino a um carrinho e empurrando-o para o mar porque não se conformou com o facto da sua mulher ter ido a uma festa à noite sem ele. O homem encontrava-se na Tailândia como turista com a família.

De acordo com a polícia, depois do crime, o homem ainda tentou fugir do país. Pessoas que moravam perto do local descobriram a criança a flutuar no mar e pensaram tratar-se de um boneco. As autoridades recuperaram o corpo do menino, que ainda se encontrava preso ao carrinho, antes de começarem as buscas pelo pai.

“Eu vi de longe e julguei que se tratava de um boneco, no entanto, quando me aproximei apercebi-me que era um corpo de uma criança e liguei para as autoridade”, revelou uma testemunha.

O homem acabou por ser detido num aeroporto de Bagcoq, durante a noite passada, enquanto agia de forma suspeita e tentava embarcar num voo.



Comentários

Talvez seja do seu interesse...