Pai viajava no automóvel que atropelou e tirou a vida à sua filha de 12 anos

O pai de Abbie era um dos passageiros de um veículo que atropelou e tirou a vida à sua filha menor de 12 anos, numa estrada perto da habitação da família, em Lanrkshire, na Escócia.

A menina, Abbie McLaren, de Motherwell, foi atropelada por volta das 04h30 desta terça-feira, pouco depois de sair de um autocarro da escola.

O seu pai, John, saiu do carro logo após o acidente e correu para a vítima para tentar ajudar, antes de perceber com horror quem era a vítima atropelada:

“Ele ficou ali parado completamente congelado, não conseguia mexer-se ou dizer alguma coisa”, disse uma testemunha ao jornal Daily Record.

A testemunha que assistiu a tudo disse que McLaren viajava no carro com um condutor, que tentou pedir ajuda médica: “O condutor correu de volta para onde tudo aconteceu e apenas continuou a gritar: ‘Alguém sabe primeiros socorros?'”, contou.

Abbie, estudava na Dalziel High School, foi tratada pelos paramédicos no local e levada para o Royal Hospital for Children em Glasgow, onde acabou por falecer. Foi descrita como “popular, feliz e talentosa”, pelos seus colegas, e deixa quatro irmãos e 15 primos. Uma página do GoFundMe criada para ajudar o seu pai e a sua mãe, Ashley, até agora arrecadou £ 2.655, cerca de 3.000€.

A prima, Âmbar White, de 18 anos, disse: “Ela adorava rir e brincava com toda a gente. Abbie era mesmo inteligente, mas acima de tudo, adorava passar tempo com a família e os amigos”.

As homenagens a Abbie foram deixadas no local do acidente, incluindo uma camisola assinada por amigos e flores.

A polícia revelou: ‘Os serviços de emergência assistiram ao acidente e a menina foi levada de urgência para o Royal Hospital for Children em Glasgow, onde mais tarde perdeu a vida. Um homem de 38 anos (o condutor) foi detido e comparecerá ao tribunal de Hamilton Sheriff na quinta-feira.”



Comentários

Talvez seja do seu interesse...