Rodrigo – o bebé que nasceu sem olhos, nariz e parte do cérebro, em Setúbal, devido a negligência por parte do médico tornou-se mediático.

O médico que acompanhou a mãe durante a gravidez afirma que não detetou as deformações nas ecografias realizadas.

Marlene, a mãe do bebé que nasceu com anomalias, passa os dias ao lado do filho. “O Rodrigo já está num quarto à parte e a Marlene fica lá com ele. É raro ela querer ir a casa”, revelou ao jornal Joana Simão, irmã de Marlene.

“Ela só sai para ir a casa tomar um banho, buscar roupas ou para beber café, mas são pausas muito curtas. Quando isso acontece, fazemos uma espécie de turnos, o o menino nunca fica sozinho. Ela não quer isso”, revelou a tia de Rodrigo.

Os pais partilharam nas redes sociais um registo fotográfico, onde mostram parte do rosto do filho que nasceu com várias deformações na cabeça:

Imagem revelada pelos pais da criança